segunda-feira, 6 de abril de 2009

Sou a cara da felicidade.


Para os desavisados, palhaço eu não sou. Estou de palhaço para comemorar a alegria de meu primeiro aniversário. Eu fiquei muito feliz. Papai e mamãe também estavam muito felizes.

Beijos e até a próxima,

Matheus Gabriel.


PS: enganei vocês, foi papai quem digitou para mim, ainda não sei fazer isto.

Mais do que nunca atual.

"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus; o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
RUI BARBOSA