quinta-feira, 30 de junho de 2011

UFRJ adere ao ENEM a partir de 2012

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Malvina Tuttman, comentou no começo da noite desta quinta-feira a decisão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) de acabar com o vestibular e adotar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para preencher as vagas na instituição. Segundo Malvina, "a medida demonstra que o Enem não é um problema, é um sucesso".
O Conselho Universitário (Consuni) da UFRJ esteve reunido nesta quinta-feira com representantes do Ministério da Educação (MEC) para tomar a decisão. A partir de 2012, o vestibular da universidade será anulado e 100% das vagas serão preenchidas pelas notas do exame. Os estudantes terão que se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para poder concorrer às vagas.
"Eu considero que tal atitude da comunidade acadêmica da UFRJ vem fortalecer o entendimento que o Enem é um instrumento importante, democrático, que serve para, além de avaliar o ensino médio e subsidiar pesquisas, fazer um importante processo de seleção para os estudantes", disse a presidente do Inep em entrevista ao Terra.
De acordo com ela, o fato da UFRJ ter discutido e aprovado o novo sistema de seleção, demostra comprometimento das instituições públicas de ensino superior em aderir ao Enem. "Não tenho dúvidas em dizer que a UFRJ é uma universidade muito importante no cenário nacional, que reforça que o Enem é um instrumento seguro".
Apesar dos problemas nas últimas edições - em 2009 a prova foi furtada de dentro da gráfica e em 2010 houve erro gráfico e troca no cabeçalho dos gabaritos - Malvina disse que o sistema está sendo aperfeiçoado. "Todos os cuidados estão sendo tomados, os riscos estão sendo detectados. A vida também é feita de riscos e imprevistos", afirmou ao destacar a criação de uma unidade operações logísticas no Inep, que como um reforço para garantir a segurança do processo. Ela também citou a importância dos parceiros, como o Inmetro, na creditação da gráfica responsável pela impressão das provas.
Enem
De acordo com informações do Inep, 6.221.697 estudantes inscreveram-se para o Enem deste ano. As provas foram marcadas para os dias 22 e 23 de outubro, com início às 13h (horário oficial de Brasília-DF), em todos os 26 Estados e no Distrito Federal.
Com as notas do Enem, os estudantes podem se inscrever no Sisu e pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o País. No caso da UFRJ, os candidatos terão que entrar no sistema do Ministério da Educação e buscar as vagas da universidade. Em 2010, foram ofertadas 83 mil vagas pelo Sisu em 83 instituições, sendo 39 universidades federais.

Por: Angela Chagas
Data: 30.06.2011


Nenhum comentário:

Postar um comentário